quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Benfica 1-1 Sporting :: melhor o resultado que a exibição!

foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP/Getty Images


Não foi o jogo que esperava ver do Sporting na Luz e o resultado acabou por ser melhor que a exibição. O empate no jogo de ontem e o ponto que trouxemos de casa do nosso rival, é, provavelmente a única coisa positiva que encontrámos nesse jogo. Isso, Piccini e actuação do VAR.

Na antevisão que fiz para o Sporting160, era ponto assente em relação ao derby que estávamos perante uma partida de aposta tripla quanto ao possível vencedor. Apesar do Sporting estar à frente do Benfica, e ainda continuar, tendo em conta os resultados menos animadores do clube rival noutras competições, não se podia assumir qualquer favoritismo com facilidade, pois estes jogos, com uma auto-motivação especial para qualquer jogador, transfiguram qualquer equipa.

O Benfica faz o seu melhor jogo da época, o Sporting um dos piores, algo que já tinha repetido, especialmente na primeira parte contra o Porto em nossa casa. É certo que o melhor Benfica não nos venceu, mas, verdade seja dita estiveram sempre mais perto disso que nós, mesmo só tendo conquistado o golo do empate a escassos minutos do final do jogo. 

O que mais me irritou, sinceramente, foi a apatia do Sporting na segunda parte e o assumir, quando Jorge Jesus coloca Bryan Ruiz que iríamos defender o resultado até ao final do encontro. Quem defende uma vantagem mínima, contra uma equipa como a do Benfica e que estava a jogar bem, dificilmente a coisa corre bem.

O 11 titular que apresentámos na Luz é, provavelmente, o nosso melhor desta época. Há uma variação que pode acontecer e manter a qualidade, consoante o adversário, que passa ou por ter Battaglia na equipa ou Podence. Com Battaglia em jogo, Jesus sabia perfeitamente a importância de vencer a batalha no meio campo. Raramente aconteceu algum domínio da nossa parte!

Marcámos praticamente na primeira oportunidade e isso foi bom. Pedia-se eficácia na Luz e estava a ser conseguida. Na realidade, o Sporting se tem sido eficaz, como deveríamos e poderíamos ter sido, provavelmente antes da avalanche atacante do Benfica podia ter chegado ao 2-0 e a história seria certamente outra.

Muito se tem falado da actuação do VAR, apenas vi o jogo em directo e nada mais. O lance que precede o lance que dá o golo do Sporting é fora de jogo. Acuña efectivamente está em posição irregular, mas, convém relembrar que o árbitro que analisou o lance não tem direito a linhas desenhadas no campo, não me admirando pela decisão que foi tomada. Na dúvida favorece-se o ataque.

As mãos, agora falam da mãos e de peito cheio, quem diria e até dá para rir, aceito que o lance do Coentrão poderia ter dado pénalti. Lance complicado de ajuizar, ainda assim! 

O Sporting, tal como disse em cima, consegue um ponto e mantém-se na luta pelo título. O Benfica, que festejou como se tivesse conquistado a Liga dos Campeões, lembram-se destas bocas, certamente, continua, embora mais longe do líder, na luta pelo título. O Porto é sem dúvida o vencedor deste jornada.

O ano 2018 não começa como desejaríamos, mas os objectivos fixados para esta época estão intactos. Centremo-nos no jogo, aquele que é jogado dentro de campo, até Maio, o que está à volta sejamos mais controlados e incisivos. Estão a ver o jogo da batalha naval? Focar no porta-aviões e não nos submarinos!

Nota final para os nossos adeptos na Luz: brilhantes. Eu vi o jogo no canal Sport Klub 2 e o som ambiente era fantástico e percebia-se perfeitamente o apoio incansável durante os 90 minutos. Bravo!

1 comentário:

Rui Mota disse...

Estive lá e não foi uma exibição tão má como está ilustrado no comentário.
A exibição não sendo de sonho também não foi de pontapé para a frente.
O meio campo e o Bruno Fernandes fartou-se de jogar futebol.
O Benfica limitou-se a correrias de 20m/30m com a bola nos pés, apoiado por um publico que leva a equipa ao colo e consegue influenciar árbitros mais sensíveis ao ouvido, e a verdade é que por dois minutos a conversa teria sido outra...Por outro lado foi visível que o banco está curto e precisamos de ir ás compras em Janeiro.
Força sporting, Força jesus, Força bruno, incondicionalmente...