Sporting 3-3 Astana :: seguimos na Europa do futebol!

foto:  Gualter Fatia/Getty Images

A exibição de Bruno Fernandes, o esforço de Bas Dost e a estreia da Rafael Leão não mereciam o desfecho final desta segunda mão em Alvalade do Sporting diante do Astana.

Em momento algum a eliminatória esteve em perigo, o Sporting passou aos 1/8 de final, mas era importante ter vencido, quanto mais não fosse pelo dinheiro e pelos pontos para o ranking da UEFA.

Jorge Jesus fez algumas alterações ao 11 titular colocando em campo Palhinha, Bryan Ruiz, Rúben Ribeiro, André Pinto e Ristovski. Diria que todos cumpriram, embora tenha havido um déficit muito grande na forma como se envolveram no jogo, nomeadamente ao nível da velocidade e de uma certa apatia que não se compreende porque são jogadores que competem para tentar chegar à equipa titular.

O Sporting marcou cedo pelo inevitável Bas Dost, após centro milimétrico de Bryan Ruiz. Tudo estava pronto para uma jogo tranquilo e uma eliminatória com duas vitórias. Mas depois lembramo-nos que isto é o Sporting. Se estávamos à espera de velocidade, energia, motivação para não deixar dúvidas quanto ao desfecho final do encontro, isso não aconteceu e aos 38' o Astana empatou por Tomasov.

Em dois jogos, 180 minutos, o Sporting viu um golo mal anulado por fora de jogo de Doumbia na primeira mão, e hoje o primeiro golo do Astana foi em fora de jogo que passou incólume ao árbitro e aquele rapazes de amarelo que estão perto das balizas na Liga Europa que, aparentemente, passeiam pelos campos do velho continente mas fazem pouco do seu trabalho. Adiante!

Na segunda parte o Sporting entra forte. Naturalmente Rúben Ribeiro saiu e entrou Acuña, e não foi preciso esperar mais que 8 minutos para Bruno Fernandes marcar o golo da jornada na Liga Europa. Entretanto entrou William Carvalho e Bruno Fernandes bisou na partida. 

Com dois golos de vantagem esperava que o Sporting aguentasse sem problemas a vitória. Jorge Jesus ainda lançou Rafael Leão, numa prova cabal que o nosso treinador quer "matar" a formação do Sporting, mas os últimos 10 minutos de jogo, entre uma possível lesão de Bas Dost e uma indiferença estranha da equipa, sofremos 2 golos de belo efeito. 

O Sporting nunca viu a sua superioridade e qualificação ser colocada em causa. Amanhã, pelas 12 horas é o sorteio dos 1/8 final da Liga Europa num sorteio sem condicionantes, segundo a UEFA, mas que o Comité Executivo não permite jogos entre Russos e Ucranianos.

Comentários