Sporting 2-1 Chaves :: obrigado, Tiago!

foto: Gualter Fatia/Getty Images


O Sporting venceu o Chaves e está no segundo lugar do campeonato nacional a 2 pontos do líder. Significa que o Sporting depende apenas de si para ser campeão. Onde muitos continuam a ver um "José Peseiro saiu e deixou-nos nesta posição, o que não é mau", direi sempre que andámos 4 meses sem um treinador e, provavelmente, a esta hora poderíamos estar isolados na frente do campeonato!

Tiago Fernandes, treinador interino e que substituiu José Peseiro, encontrou 3 desafios: vencer no terreno do complicado Santa Clara, vencer o Chaves e manter a dignidade de um clube como o Sporting na Liga Europa.

Tiago Fernandes venceu os 2 jogos do campeonato, algo que José Peseiro apenas conseguiu na 1ª e 2ª jornada quando vencemos o Moreirense e o Vitória FC. Depois disso, nunca mais repetiu, em 3x (Fora de Alvalade e casa), essa sequência básica de 2 vitórias seguidas.

Tiago Fernandes deixa o Sporting em 2º lugar a 2 pontos do líder, José Peseiro deixou também a 2 pontos mas em 5º lugar, o que é muito diferente. Em ataque o Sporting passou a ser o 3ª melhor e a 2ª defesa menos batida, quando Peseiro nos deixou no 5º melhor ataque e a 3ª defesa menos batida. São pequenas diferenças, mas importantes e de alguém que, supostamente, não tem tanto conhecimento, nem experiência, mas fez muito melhor. Ainda ontem, não jogámos apenas 45 minutos como tantas vezes aconteceu com José Peseiro.

Tiago Fernandes só acentuou o erro que foi trazer José Peseiro para Alvalade. Sentiu a responsabilidade e cumpriu com a difícil missão de comandar os destinos do Sporting. Por isso, o meu obrigado!

Quanto ao jogo de ontem quero apenas referir o seguinte: Bas Dost!

São 66 jogos na Liga Portuguesa e vão 66 golos marcados de Leão ao peito. Absolutamente incrível, o goleador holandês é uma máquina letal e essencial para o ataque do clube. Bas Dost já era o terceiro melhor marcador de sempre numa época, nos últimos 50 anos, ficando apenas atrás de Yazalde e Jardel.

Foi vítima de um ataque vil e cobarde, provavelmente, dos poucos que teria mais que razões para a justa causa e saída do clube. Voltou, nas condições que todos conhecemos, lesionou-se e regressou finalmente ao activo para continuar a deixar a sua marca: fazer golos atrás de golos!

Ontem, marcou o primeiro de cabeça, fechou o marcador com o segundo de pénalti que valeu os 3 pontos ao Sporting. O Chaves é, actualmente, a vítima favorita dele, em 6 jogos já lhes marcou 12 golos. Sempre com a mesma bitola, não são precisas muitas oportunidades para fazer o gosto ao pé. Aliás, como ontem vimos.

A vitória do Sporting não oferece contestação, tem agora a palavra Marcel Keizer!



Comentários

carlos disse…
Obrigado Tiago, Não!
Obrigado VAR.