Algumas notas sobre a AG de amanhã!


Amanhã há Assembleia Geral para votar o orçamento do Sporting (clube) para a época 2019/20. Ainda não é esta a AG que vamos ter a possibilidade de quem vive fora de Lisboa, poder na sua cidade ou pelo menos relativamente perto dela, assistir e votar. Esta direcção prometeu voto electrónico, claro que ainda não houve oportunidade para cumprir, mas é bom, tal como fiz com as direcções passadas, deixar o aviso e reforçar a necessidade de levar as AGs a todo o lado do país (e do mundo).

Além disso, o documento preparatório para a reunião de amanhã, que deveria ser lido com calma e com toda a atenção para que na AG se vote em consciência e com todos os dados a serem tidos em conta, só está disponível nas instalações do clube com regras do século passado. Os sócios do clube deveriam ter acesso a uma área reservada no website do clube, que até existe, e lá estar disponível o referido documento. O medo da fuga de informação não faz sentido absolutamente nenhum!

Apesar do jornal do Sporting já ter mostrado alguns indicadores que vão ser apresentados na reunião de amanhã, bem como alguns amigos que lá foram a Alvalade me terem passado algumas informações, não é possível tecer grandes comentários sobre o que aí vem. Embora, de uma forma generalizada, se aumentamos a estrutura, nomeadamente com introdução do basquetebol e os gastos são menores, alguém sofrerá os cortes necessários para acomodar tudo. Como sabemos o orçamento apresentado é uma previsão com base num conjunto de pressupostos, que podem ser históricos ou de análise de certa variáveis, e o aumento das receitas parece-me muito ambicioso. Adiante que amanhã já ficamos a saber de tudo com mais detalhe!



Frederico Varandas deu uma entrevista ontem à Sporting TV. Na parte que se referiu às modalidades e ao orçamento que amanhã vai a votos diz que as "modalidades são o nosso ADN", mas que "não vamos cometer mais loucuras", referindo-se ao passado.

Aproveito para lembrar ao nosso Presidente, uma imagem, a do lado direito, que está no jornal do Sporting, que levou apenas um retoque da minha parte para dividir os resultados positivos dos negativos, onde se percebe, claramente, que o trabalho efectuado no passado em relação às modalidades e orçamentos foi bem feito. Caso contrário, os resultados não eram positivos.

Além disso, também foram conquistados muitos títulos que os adeptos do Sporting muito apreciaram.

Não vale a pena estar sempre a falar do passado para projectar o futuro!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A actual Direcção do Sporting deve marcar uma AG para ouvir os sócios. Já!

Macron, Nike, quem para o Sporting?

Obrigado, Ristovski!