sábado, 7 de fevereiro de 2015

Bruno de Carvalho anuncia o fim do blackout!


Nas vésperas do derby a primeira boa notícia: o Sporting anuncia o fim do blackout. Bruno de Carvalho explicou hoje que foi decretado este período de blackout porque as notícias que vieram a público sobre o despedimento de Marco Silva eram falsas e afirmou mesmo que "nunca foi despedido, foi mesmo com grande espanto que tomámos conhecimento das inúmeras notícias que foram dando eco a essa situação. Tudo isso motivou que, a certa altura, se tivesse vivido momento de tensão, mais do que se dizia do que pelo que vivia realmente no dia-a-dia do clube"

Quanto ao episódio do José Eduardo foi peremptório, "Não mandatei ninguém para qualquer assunto relacionado com o treinador. Os sportinguistas já me conhecem e sabem que digo sempre o que tenho para dizer, com frontalidade e sem necessitar de intermediários. Querer alimentar um suposto episódio onde pedi a José Eduardo para atacar o treinador do Sporting não faz sentido nenhum. Como é público o José Eduardo já percebeu e reconheceu que se excedeu. As várias intervenções que fez fizeram muitos sportinguistas pensar que o mesmo estaria escudado em mim, mas tal não corresponde de todo à realidade"

Por fim deixou uma mensagem para o futuro, "Seja como for, quero deixar uma mensagem muito clara: aconteça o que acontecer amanhã, não tenho a menor dúvida que este projeto, estrutura, treinador, equipa técnica, e atletas, sempre com o apoio do nossos sócios e adeptos, nos darão grandes alegrias. Temos enorme confiança no futuro porque temos enorme confiança no trabalho e no projeto que estamos em conjunto a construir. Queremos que amanhã todos os sportinguistas estejam, como sempre, unidos no apoio à nossa equipa, para que juntos sejamos mais fortes e possamos alcançar a vitória que todos nós desejamos."

1 comentário:

Leo Filo disse...

Agora!!!!
Dizer isto agora?!
Esta era a declaração que se exigia quando surgiu toda a novela. O silencio, decretado pela direção, só aumentou a novela.
Agora, vir dizer isto, vale muito pouco, e, acima de tudo, cheira a um discurso muito pouco credível. As imagens e os factos que ocorreram, contrariam todo este discurso - todos vimos o mal estar entre presidente e treinador. Sendo que as afirmações do "amigo" Eduardo continham factos que só podiam ter como fonte quem tinha estado presente na celebre "reunião"...
Agora, mais valia continuar calado.