sexta-feira, 25 de maio de 2018

Breve apontamento sobre os últimos dias


Uma das grandes questões que coloco a mim, pessoalmente, porque razão ainda não pedi a demissão de Bruno de Carvalho? Não consigo, com sinceridade, ter uma resposta. Aliás, tenho falado com algumas pessoas que sustentam a mesma opinião que eu.

Já pensei, e assumi no podcast do Sporting160, que a seguir aos violentos ataques na Academia, Bruno Carvalho deveria ter pedido a demissão. Não porque achasse que era o culpado directo, mas como responsável máximo do clube, com ligação directa ao futebol do Sporting, teria de assumir essa responsabilidade. Se depois se iria novamente a eleições isso seria um problema dele, os sócios saberiam responder no local e no momento certo. Haverá sempre uma relação moral entre o que aconteceu na Academia e o Presidente do Sporting. Em nada, também já o reforcei, mancha o bom trabalho efectuado nestes últimos 5 anos. 

Aliás, se há uns meses atrás duas das mais recentes alterações tivessem sido introduzidas por Bruno de Carvalho, como muitos de nós pediram, talvez, talvez, não tivéssemos chegado a este ponto.

Um responsável pela comunicação do Presidente, como acontece agora com Fernando Correia, teria sido muito sensato ali por volta de Janeiro. Colocar alguma razoabilidade e acima de tudo evitar o desgaste da imagem e do mensageiro tinha sido vantajoso para o clube. Tal como colocar alguém realmente forte na Direcção do Futebol. Que fizesse a ponte entre a Direcção e Treinador/Jogadores. Alguém forte, de personalidade, de capacidade técnica e que não se envolvesse tão facilmente do ponto de vista emocional. Eu não tenho nada contra o Presidente Adepto, mas como já disse aqui neste blogue, já me custa é ver o Adepto Presidente.

Depois seguiram-se dias tristes que arrastaram o Sporting para um ponto que nunca pensei que seria possível chegar. Entre verdades e mentiras, estes últimos acontecimentos lançaram o Sporting num mar de contradições que por vezes é quase impossível saber quem está realmente preocupado com o Sporting Clube de Portugal e o respeito que a instituição centenária merece.

Ontem à noite, o espectáculo protagonizado por Bruno de Carvalho e Marta Soares não foi nada agradável.

O dia também ficou marcado pela decisão de Frederico Varandas, médico do Sporting, demitir-se. 
Tem todo o direito a isso e não pode ser acusado de abandonar o barco. O episódio da semana passada é grave ao ponto de diferentes pessoas terem equacionado a sua continuidade no Sporting. Reparem que com Frederico Varandas colocaram tudo em causa e mais as possíveis ligações do irmão e por aí fora. A Rita Matos também se demitiu, e o texto também não era agradável, e o ataque já não aconteceu.

Frederico Varandas demitiu-se e foi rápido a apresentar um possível candidatura. É um direito que assiste aos sócios em condições para se candidatarem à Presidência do Sporting. A democracia ainda é a melhor forma política para este tipo de situações.

Posso discordar do que disse Frederico Varandas em relação aos jogadores, porque ninguém pode prometer o que ele prometeu, não há certezas em relação ao assunto das rescisões, isso foi demagogia e será sempre algo a evitar. Mas de resto, não sejamos aquilo que não queríamos quando Bruno de Carvalho há alguns se lançou no Sporting. 

O Sporting há 5 anos também necessitou de alguma engenharia retirar Godinho Lopes da Presidência, tudo dentro da legalidade. A situação era, do ponto de vista desportivo e financeiro, bem pior, a todos os níveis. 

Não estou a dizer com isto que se deva retirar Bruno de Carvalho, mas os meios legais estão à disposição de todos, no passado, como agora. 

Peço apenas que respeitem os superiores interesses do Sporting e os sócios cá estarão para responder às situações a que forem chamados!

Por fim, não, não sou candidato à Presidência do Sporting Clube de Portugal!

4 comentários:

Rseven disse...

É isso tudo! SL

dono jono disse...

thank you for sharing
obat kuat viagra
viagra asli
jual viagra
viagra usa

James disse...

fico francamente chocado que ainda se defenda este lunático que temos na Presidência do Clube.. são tantos os exemplos.. os videos em que se contradiz.. o Facebook.. as declarações sobre o JJ... enfim.. CHEGA! Devolva-se a palabra aos sócios! Chega do Sporting Clube de Carvalho! esse não é o MEU Sporting!

James disse...

http://tribunaexpresso.pt/sporting/2018-05-29-O-que-Bruno-disse-quando-Godinho-nao-aceitou-a-AGE-em-2013-Ditatorial-e-anti-democratico.-Sporting-e-dos-socios-e-ninguem-os-calara