quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Maribor 1-1 Sporting :: desastre defensivo!


Foi uma "derrota" o que ontem aconteceu na Eslovénia. Os 3 pontos estavam perfeitamente ao nosso alcance, conseguimos o golo, e que grande golo, e sofrer daquela inacreditável forma o empate, é patético!

Dá que pensar. Vai ser certamente o tópico de conversa de Marco Silva com os jogadores durante a semana com vista à deslocação a Barcelos.

Tem-se falado muito em Maurício e Sarr, a dupla de centrais que o Sporting tem apresentado em campo. No caso de Maurício não é nada que não conheçamos da época 13/14, mas como a coisa corria bem, o disfarce não caía. De Sarr volto a escrever o que já tinha escrito no início de época, custa-me perceber porque raio Paulo Oliveira, central que fez uma boa época no Vitória SC, com experiência europeia, não tem sido utilizado.

Mas a defesa não se esgota só nos centrais. Ilibámos Patrício, que voltou a fazer defesas fundamentais. Jefferson está longe da forma da época passada. Não é que ele seja muito bom a defender, mas tudo isso era "apagado" com boas exibições, excelente pulmão e disponibilidade física, e uma capacidade invejável de apoiar no ataque. A rever urgentemente pois para a semana até vai estar de fora e Jonathan Silva terá a sua oportunidade.

Ricardo Esgaio esteve bem nos jogos em que Cédric não pode dar o seu contributo. Cédric esteve lesionado, a 3 dias da viagem para a Eslovénia é dado como apto e volta à titularidade. Não deve ter sido fácil para Esgaio, até porque Cédric ontem não esteve muito bem.

A defesa, tirando o guarda redes, na generalidade esteve muito mal. 

Com uma defesa má, a falhar e a criar calafrios constantes, só há uma solução para, pelo menos, remediar o momento:  o ataque fazer golos. Não é o que está a acontecer.

Neste particular, não que o Marco Silva vá entrar em campo e fazer golos, já contra o Belenenses o figurino do Sporting deveria ter sido trocado. Mané já merecia a titularidade, e João Mário, como ontem se provou, já merece uma oportunidade.

Perderam-se dois pontos, "ganhou-se" um jogador para o meio campo que, em condições normais, poderá muito bem agarrar o lugar. João Mário tem de ser titular em Barcelos.

Como no ataque continuamos sem marcar, seja com Montero ou Slimani, deixámos Tanaka na bancada. Faz sentido. Claro que os nossos golos só podem surgir dos mais dotados de técnica, ontem foi Nani, que, como tem sido habitual pegou no jogo e empurrou a equipa para a frente.

A vida está muito complicada para Marco Silva. Não apresenta o futebol que muitos esperariam que o Sporting pudesse praticar, há decisões que não se compreendem e está a levar por "tabela" com as contratações que são duramente criticadas por muitos Sportinguistas. Nestas coisas só há uma solução e passa pelos resultados desportivos numa série de resultados positivos. Vejo aqui um paralelismo muito grande com o que aconteceu com Moyes no Manchester United, onde eram depositadas muitas esperanças, até pelo percurso num clube mais pequeno, e tudo correu mal. A ver se não nos acontece o mesmo! 

quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Maribor 1-3 Sporting :: Youth League


No primeiro jogo da Youth League, Maribor 1-3 Sporting.
Golos de Postiga, José Correia e Elói.

Maribor - Sporting :: possíveis 11


Na minha opinião Carlos Mané já merece a titularidade. Sempre que entrou em campo, fez a diferença. André Martins seria o candidato preferencial a sair. Apesar da boa época, e de alguns bons sinais nos jogos, falta consistência. Era a minha alteração ao 11 que temos vindo a apresentar. Do banco, gostava ver sair Tanaka. Bem sei que não sabemos o que se passa no dia a dia na Academia, mas dada a falta de eficácia atacante do Sporting, às tantas o japonês já merecia alguns minutos.

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Cédric e Jonathan vão à Eslovénia

Cédric e Jonathan Silva são as entradas na convocatória do Sporting para a estreia na Liga dos Campeões diante do Maribor na Eslovénia.

Convocados
Rui Patrício e Marcelo Boeck;
Ricardo Esgaio, Maurício, Paulo Oliveira, Naby Sarr, Jefferson, Cédric e Jonathan Silva;
William Carvalho, Oriol Rosell, Adrien, João Mário, André Martins, Carrillo, Carlos Mané e Capel;
Nani, Montero, Tanaka e Slimani.

domingo, 14 de Setembro de 2014

Sporting 1-1 Belenenses :: sem margem ao fim de quatro jogos!


Só agora soube que morreu um adepto do Sporting durante o jogo de ontem. Nada é mais importante que a vida. Os meus sinceros pêsames à família!

À 4ª jornada estamos com 3 empates e uma vitória no último minuto. É pouco. Ninguém tem dúvidas disso. Mas descarto já a inconsistência de critério, de quem pede que o Marco Silva seja trocado (ou culpado). Contestado? Sem dúvida, e todos nós temos a nossa opinião (de bancada), mas não vou começar numa fase tão prematura a lenga-lenga do treinador que, ainda no final da época passada era o único possível para ser o sucessor de Leonardo Jardim.

O Sporting tem um problema grave na construção da equipa. As saídas de Rojo e de Dier estão a ter um efeito complicado e que poderá agudizar-se com a chegada das competições europeias na quarta. A aposta tem sido em Sarr, que apesar de leves sinais positivos, ainda ontem mostrou dificuldades que, diante de uma equipa com outra capacidade atacante pode ser um autêntico calafrio. E uma equipa que defende mal, ou marca muitos golos ou todos os jogos são sofríveis. Ontem foi mais um golo estúpido, na única oportunidade na primeira parte do Belenenses, e não perdemos os três pontos porque na segunda voltaram a falhar e Patrício correspondeu.

Fez o Sporting o suficiente para vencer? Sim, criou as oportunidades mais que necessárias para conseguir os 3 pontos. Mas, por ineficiência atacante, principalmente, não conseguiu concretizar mais que uma vez (e nessa até ajuda teve). Slimani que perceba que se quer ganhar mais, tem de marcar uns golinhos.

Não podemos queixar-nos do ferrolho em que o Belenenses se colocou, principalmente na segunda parte, nem da falta de fair-play em determinados momentos do jogo. Já sabemos que 90% das equipas que vão a Alvalade têm essa atitude. Cabe ao treinador encetar um plano de jogo, e um alternativo (ou vários), para combater esta forma de jogar do adversário. Não soubemos, e o Lito pode dar-se por contente com isso e não embandeirar em arco que estava triste por não vencer. Poupem-me!

Na pré-temporada vi alguns jogos do Sporting com ideias de Marco Silva, ora uma esquema principal num 4-3-3, ora 4-4-2, ora...sim, o Marco que ainda ontem não quis desculpar-se com a falta de experiência, que introduziu mobilidade nos extremos, aproximou-os do médio atacante, têm de avançar definitivamente para uma equipa "sua". Chegou a hora de mostrar o seu Sporting, porque a margem que era reduzida para falhar, esgotou-se com 360 minutos decorridos de campeonato.

E ainda me tens de explicar porque raio foi substituído o Carrillo? 

Por fim, os reforços, os supostos reforços devem ser para isso mesmo, e não vi ninguém referir-se aos que entraram como jogadores para o banco ou para a B, logo, que dê-se a oportunidade a quem possa merecer. Se William não está a 100%, ou Adrien em baixo, ou Slimani a falhar, coloquemos Oriol, Slavchev ou Tanaka (ontem foi parar à bancada). Assumam-se riscos, não podemos numa fase tão prematura pensar que estamos no abismo!

Nunca estivemos na pole e Inácio nunca devia ter proferido tal palavra, mas não vamos desesperar e colocar tudo em causa. Parte da solução passa por vencer já o próximo jogo na Eslovénia!

sábado, 13 de Setembro de 2014

Sporting - Belenenses :: convocados


Heldon e Jonathan Silva a sair da lista de convocados de Marco Silva para o derby lisboeta, o segundo consecutivo desta vez em Alvalade.

Convocados

Rui Patrício e Marcelo Boeck;
Ricardo Esgaio, Maurício, Paulo Oliveira, Naby Sarr e Jefferson;
William Carvalho, Oriol Rosell, Adrien, João Mário, André Martins, Carrillo, Carlos Mané e Capel;
Nani, Montero, Tanaka e Slimani.

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

Bruno de Carvalho em entrevista na Sky Sports


Que qualidade!

Valor das compras do Sporting 14/15

fonte: Jornal do Sporting

As compras do Sporting para época 14/15 totalizam 14,69 M€:

Slavchev - 2,5 M€ (85% passe)
Paulo Oliveira - 1,8 M€ (90%)
Oriol Rosell - 1,02 M€ (100%)
Junya Tanaka - 750 K€ (100%)
Ryan Gauld - 2,77 M€ (80%)
André Geraldes - 500 K€ (80%)
Naby Sarr - 1 M€ (85%)
Nani - emprestado
Hadi Sacko - 1 M€ (100%)
Jonathan Silva - 2,6 M€ (100%)
Ramy Rabia - 750 K€ (100%)
Jorge Santos - 0 € (95%)