terça-feira, 7 de abril de 2015

Não se pode ficar indiferente!


Impossível ficar indiferente a esta notícia que hoje vem no Jornal de Notícias acompanhada pela imagem que ilustra este post.

"Não fosse a ajuda da instituição humanitária SAOM, de Gaia, que lhe presta apoio domiciliário com refeições e banho, e os dias eram passados sem ver ninguém. "Há dois anos que não saio de casa. Só vejo a rua quando sou levado de urgência para o hospital"

Uma parte importante de um clube como o Sporting passa por ser solidário em certas e determinadas situações. Desconheço porém as dificuldades deste "jovem" e das suas necessidades para além das óbvias que a notícia fala. 

Mas olhando para a imagem degradante das condições onde vive, não saindo praticamente de casa há 2 anos e constatar que ainda tem força (motivação?) para ter um conjunto de imagens alusivas ao Sporting, diria que algo mais deveria ser feito pelo clube. Não sei o quê, porque é fácil dizer que "algo deveria ser feito", mas pelo menos passar a informação (e já são alguns blogues e sites que o fazem), para que alguém que tem poder para ajudar, possa, eventualmente fazer algo.

Alguma coisa podemos fazer pelo João Pedro Sitoe, nestas alturas, qualquer ajuda é sempre bem vinda. Recordemos que é filho de um ex-atleta do Sporting, Sitoe, a notícia já tinha saído em 2014 noutros órgãos de comunicação social.

As dificuldades continuam e para quem quiser ajudar, entrar em contacto com SAOM pode ser um princípio!

4 comentários:

RG disse...

Das poucas coisas em que concordamos!

Parabéns por esta tua visão....e pela humanidade demonstrada.

Aboim disse...

Claro que é lamentável mas não por ser filho de um antigo atleta do Sporting! A ser verdade que 6 milhões são do Benfica as probabilidades de encontrar pobre gente assim com as paredes cheias de fotografías a vermelho é ainda maior! As culpas, que as há, estão lá muito mais acima! E, já agora, para quando uma análise dos tais fundos que só Portugal e Espanha defendem? Seria um tema interessante!

Aboim disse...

...as probabilidades...são ou, se preferirem, ...a probabilidade é...!

Bancada de Leão disse...

RG, nestas coisas não pode haver diferenças de opinião!